A coisa aqui no SOBREMUSICA tá meio rareada porque vários trabalhos bacanas pintaram recentemente e  estão nos consumindo muito mais do que a gente podia prever. Ninguém aqui tá reclamando, mas também é bom explicar. Não pretendemos transformar esse site em uma mera vitrine para alardearmos nossas labutas, mas costumamos dar a sorte de ter a música em quase todas elas. Além disso, esses trabalhos, de uma forma ou de outra, se relacionam diretamente com coisas que já discutimos ou refletimos por aqui. Inevitavelmente, elas são consequências disso. Então, certamente, essas nossas aventuras vão continuar pintando aqui por um tempo, até porque direcionam nosso olhar sobre aquilo que nos dispomos a conversar nesse blog, nessa fatia de tempo/espaço.

E aí, não dá pra fugir de registrar mais um dos nossos passos. Dia 05 de maio, a turma do Sistema Lapa de Samba dá mais um passo importante. O Casuarina, um dos principais grupos da cena, grava um DVD sob a chancela “MTV Apresenta”. Vale notar que três dos últimos registros da emissora foram sobre o samba carioca: Zeca Pagodinho (dois DVDs) e recentemente Arlindo Cruz. Agora, o passo é em direção à nova geração, artistas que tem a cara da MTV ou pelo menos a cara parecida com aquela que o público da emissora está acostumado a assistir.

Fui convidado para dirigir a empreitada. O craque Gabriel Lupi (meu sócio na produtora 14) tá comandando a produção. Estamos tentando criar um caminho de interação desde o início do processo e fazendo um making of em tempo real através de um blog (www.casuarina.com.br/dvd). Por lá também experimentaremos algumas possíveis interatividades com o público e vamos sentir até onde a brincadeira pode ir. Entre as ideias iniciais já está a de fazer algum registro extra para o DVD com as câmeras e celulares da plateia, que será convidada a filmar e enviar suas imagens. Valerá tanto coisas gravadas no dia quanto registros antigos da roda, que já acontece há quase quatro anos.

Será um teste também para ver o quanto esse povo que frequenta a Lapa, nesses tempos de hoje, se preocupa ou não com o registro daquilo que veem e ouvem. Nas andanças que fiz nas gravações do documentário, uma observação constante é a ausência de pessoas registrando os shows - coisa que também percebi na Argentina. Não se vê mares de celular e câmeras. Nem tampouco as casas ou os artistas têm muitos registros. Essa brincadeira que estamos propondo no DVD do Casuarina tem um quê de provocação mesmo. Vamos ver. 

Inaugurando os vídeos do “making of em tempo real”, umas imagens da banda no ensaio de quarta-feira.
 

Enfim, é isso. Todos convidados a acompanhar e a participarem tanto dessa interação pré e pós-DVD. Dia 05 de maio, na Fundição Progresso.